terça-feira, maio 1

Irrita-me, enoja-me a falta de humanidade das pessoas...abrem a boca e dizem a maior das barbaridades como se fosse a sabedoria suprema...
É certo que quando somos novos encaramos a morte de uma maneira diferente do que aquela que passamos a ter quando por infortúnio nos bate à porta...Ora o que se hoje passou revolta-me...morreu uma jovem romena de 21 anos que se tinha vindo refugiar junto do marido por supostamente ter sofrido maus tratos por parte da família, pais incluidos... esteve junto do marido e do filho quatro dias e morreu alegadamente por já sofrer de leucemia... voltar para a roménia estava fora de questão, bem tentaram mas os 40.000€ que pediam impossibilitaram...não basta a dor daquele marido e estar numa terra estranha sem outra família e ainda vêm criaturas dizer que a rapariga não devia ser enterrada cá no cemitério porque depois não há lugares para nós... nós quem?! os humanos? a miúda não era humana? ia para a valeta?
Como é que esta gente dorme à noite ao dizer que um estrangeiro não pode nem deve ser enterrado no cemitério da freguesia?não há respeito pelo ser humano nem na hora da morte?

4 comentários:

Bxana disse...

:(

Tens razão, é revoltante...

Minerva McGonagall disse...

Que cena tão triste...

immortal disse...

o melhor que esta gente é capaz...infelizmente

Sonia&Mi disse...

E depois dizem à bica cheia que vivemos em democracia ... vale de alguma coisa nestas situações?
Que falta de humanidade que Xenofobia!