quarta-feira, abril 23


Há dias li num blog (tenho imensa pena de não ter guardado o endereço) que mesmo que vivamos sós temos que nos obrigar a cumprir certas rotina, nada mais verdadeiro…há certas rotinas minhas de que não abdico…porém, há a parte menos boa de estarmos sozinhos, a solidão de uma casa vazia, o chegar e não ter ninguém para falar, para torcer o nariz à desarrumação! A noite é tão complicada de passar muitas vezes, é certo que há sempre o telemóvel…mas falta o toque, o contacto físico, conversar cara a cara…faz-me falta isso mas não me consigo fazer entender…sai sempre tudo ao contrário…
Raios, devem ser os tantos dias de chuva que me tornam assim deprimida…sinto-me mesmo em baixo, sem vontades porque nada do que quero se concretiza, tudo me foge…e nestas alturas parece que todos os outro conseguem ter as coisas simples que me fariam sorrir mas que me são sucessivamente adiadas, negadas…porque é que as outras pessoas conseguem e eu não?
E é tão complicado quando buscamos entendimento e não o há, quando nos sentimos ainda mais deprimidos e não há um abraço…
Ai, que os dias de sol não demorem muito, talvez ganhe um pouco de ânimo porque isto assim não dá vontade de nada…

3 comentários:

Lola disse...

Immortal,

A solidão é do pior, mas tem mesmo a ver connosco.

Tu tens gatinhos? São o melhor exemplo de adaptação ao estar sózinho.
Beijinhos

Sonia&Mi disse...

Os dias de sol estão já aí, e sózinhas por vezes estamos melhor. Não tenho medo da solidão por opção, tenho sim, medo de solidão quando é a única solução.

immortal disse...

há dias assim, tão maus que somos assaltados por um egoísmo extremo...

Sónia
eu até gosto muito de estar sozinha, tratar das minhas coisas, desfrutar do silêncio e não ter que abrir a boca para falar, há outros em que é assim...uma tristeza

lola
os gatinhos são uma óptima terapia para as estas "crises" :)